sábado, 21 de março de 2015

"As Plantas na obra poética de Camões - lírica e épica", pela voz de Jorge Paiva | Semana da Leitura.

Jorge Américo Rodrigues de Paiva, investigador principal (aposentado) do Departamento de Botânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, nasceu em 1933, em Cambondo (Angola). A enorme biodiversidade da sua terra natal terá sido um elemento determinante na sua paixão pela Natureza, algo que tem guiado tanto a sua atividade de investigação científica como a de comunicador de ciência. Neste campo, foi sobeja a sua produção pessoal, que se alargou a vários domínios, até ao literário. Foi com agradável interesse que assistimos a uma comunicação com base na análise das plantas na obra poética camoniana. Do “verso humilde” ao “som alto e sublimado” d’ “Os Lusíadas”, caminhamos com o Professor numa viagem no tempo. As plantas autóctones que o Poeta transpõe para os seus versos e as outras que viu (ou adivinhou) fizeram parte desta viagem, que serviu de pleno complemento para o tema da Semana da Leitura "Palavras do Mundo".








Sem comentários:

Enviar um comentário